Avatar 2 poderá ser assistido em 3D sem óculos especiais

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

O diretor James Cameron está atualmente desenvolvendo um formato 3D para a sequência do filme Avatar que acabará com a necessidade de óculos especiais. Se isso se concretizar, a tecnologia poderia causar uma grande revolução na mídia visual, assim como o primeiro filme fez.

3d sem óculos especiais

Avatar foi um gigante do cinema, catalisando a integração da tecnologia 3D nos cinemas e nas casas. No entanto, as sequências do filme que o diretor James Cameron planejou – a primeira das quais será lançada em 2020 – pode levar a tecnologia a um nível totalmente novo, utilizando um novo sistema de projeção de laser RGB, projetado por Christie Digital, que eliminaria a necessidade dos espectadores usarem óculos.

Duas notícias alimentam a especulação de que Cameron está buscando um efeito 3D sem óculos. O primeiro vem diretamente do próprio Cameron, que disse durante um discurso em novembro:

Ainda sou muito otimista a respeito de 3D, mas precisamos de uma projeção mais brilhante e, finalmente, acho que pode acontecer – sem óculos. Nós chegaremos lá.

Em março, sua empresa de produção Lightstorm Entertainment renovou um acordo de cinco anos com a Christie Digital.

No entanto, poucos detalhes sobre como a tecnologia funcionaria – além do fato de que os projetores da Christie Digital são capazes de usar 60.000 lumens para resolver o problema de desfocagem e distorção em altas taxas de quadros – foram anunciados.

 

Uma nova era

Embora já existam sistemas capazes de versões rudimentares de 3D sem óculos, nenhum deles teve o apoio que James Cameron recebeu ao utilizar a tecnologia – muitos cinemas apenas instalaram sistemas 3D depois que o Avatar foi lançado. Se a tecnologia for desenvolvida, ela poderá mudar fundamentalmente a indústria de entretenimento visual baseada em tela.

Embora a tecnologia 3D tenha sua parcela de problemas, o maior é sem dúvida os óculos, que muitas pessoas acham desconfortável, impraticável e muito caro. Se um sistema 3D sem óculos se concretizar, isso pode resultar em uma adoção mais ampla da tecnologia 3D.

Como o que Cameron propõe é efetivamente um holograma produzido por telas, esta tecnologia também poderia ter usos muito além do teatro. As pessoas que jogam videogames poderiam usá-la como uma alternativa à realidade virtual (VR), que muitas vezes é criticada por seus incômodos fones de ouvido, os arquitetos poderiam usá-la para mostrar seus planos aos clientes e os compradores poderiam ver versões 3D dos itens que eles pensam em comprar on-line.

Independentemente da tecnologia estar pronta a tempo para o Avatar 2, ela certamente terá um grande impacto nas experiências de visualização no futuro.

n3m3

Fonte


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)