Ele tem 22 anos. Ela 81. E a amizade desses dois está derretendo os corações de todos

amizade desses dois está derretendo os corações de todos

Spencer Sleyon encontrando sua amiga Rosalind Guttman na Flórida em pessoa pela primeira vez. Crédito Rev. Amy Butler

Spencer Sleyon, um rapper de 22 anos e produtor de East Harlem, e seus amigos estavam andando pela sala, em outubro, falando sobre quem eram seus amigos mais próximos.

Quando foi sua vez, ele disse: “Minha melhor amiga é uma mulher branca de 81 anos, que vive em uma comunidade de lares para idosos, na Flórida”.

Para ser claro, ele estava exagerando. Eles não eram melhores amigos. Mas ela era uma amiga, e a piada desencadeou uma série de eventos que levaram a seu vôo a Palm Beach para conhecer Rosalind Guttman em pessoa, a mulher que ele conhecia apenas pelo jogo Words With Friends em seu telefone.

“Quando a conheci foi tão natural”, disse ele em uma entrevista na quarta-feira. “Não foi como algo espetacular, ou diferente de quando você fala com um de seus amigos”.

Com base na inundação de reações positivas no Twitter, parece que as pessoas gostam de ouvir sobre uma amizade improvável que se formou, apesar de inúmeras fronteiras que muitas vezes mantêm as pessoas separadas.

Sua amizade começou inteiramente ao acaso quando Words With Friends, um jogo de smartphone semelhante ao Scrabble, designou os dois estranhos a jogarem juntos no verão passado. E eles acabaram jogando centenas de jogos juntos.

Nos primeiros jogos, eles não usaram a função de bate-papo do aplicativo, que é frequentemente usada no jogo. Mas logo eles começaram a discutir os acontecimentos atuais e os detalhes de suas vidas, inclusive os planos dele de se mudar de Silver Spring, Md., para Nova Iorque, a fim de perseguir seus sonhos de uma carreira musical.

Eles jogavam quase todos os dias. Cada vez havia “conversas regulares e cotidianas”, disse ele. Mas as exigências da vida eventualmente interfeririam, e ele não conseguiu encontrar tempo para continuar jogando.

Ele decidiu excluir o aplicativo, mas se certificou de dizer adeus à Sra. Guttman primeiro. Antes de partir, ele perguntou se ela tinha algum conselho.

A dupla não teve muito tempo – apenas um almoço e um rápido passeio por Palm Beach. Crédito Rev. Amy Butler

Ela respondeu:

Tudo o que você quiser da vida, basta ir atrás.

Em outubro, alguns meses depois de se mudarem para Nova Iorque, ele decidiu reinstalar o jogo e imediatamente se reconectou com a Sra. Guttman, disse ele. Mas ele não tinha planos para conhecê-la, até Amy Butler, a mãe de um de seus amigos, ouvir falar sobre sua amiga online.

A Sra. Butler, pastora na Riverside Church em Manhattan, queria contar a história de sua amizade, então ela perguntou se ele a colocaria em contato com a Sra. Guttman. Depois que as mulheres falaram no telefone, a Sra. Butler decidiu que uma reunião em pessoa “realmente daria um toque à história”, disse ela.

Então, ela e Spencer voaram para a Flórida, e “foi mais bonito do que eu poderia ter imaginado”, disse ela.

Ela disse:

Não havia nenhum toque de estranheza. Era como se fossem atraídos magneticamente um para o outro.

A reunião foi organizada pela mãe de um dos amigos do Sr. Sleyon, que o ouviu falar sobre seu amigo on-line de 81 anos. Crédito Rev. Amy Butler

Eles não tiveram muito tempo – apenas um almoço e um rápido passeio por Palm Beach, mas as fotos que ele twittou depois, atraíram a atenção geral, inclusive dos meios de comunicação. Spencer disse que estava emocionado, que sua história tocou tantas pessoas.

Ele disse:

Muitas pessoas que vi on-line, disseram: “Eu precisava de uma história como essa, especialmente com as relações entre raças neste país agora”.

A Sra. Guttman não falou com os repórteres. De acordo com a Sra. Butler, a Sra. Guttman não sabe o porquê de toda confusão, já que “as pessoas deveriam se comportar dessa forma um com o outro o tempo todo“.

Mas ela enviou um email à Sra. Butler logo depois que eles partiram para Nova Iorque. A Sra. Butler leu o e-mail durante o seu sermão na igreja no domingo.

Querida Amy,

Estou sem palavras para descrever hoje. Sem dúvida, foi um dos dias mais memoráveis ​​da minha vida. Eu ainda estou aproveitando o brilho do calor e da amizade. Você e Spencer se estenderam a mim e abraçaram-me de uma maneira tão inacreditável. Minhas únicas palavras neste momento são muito agradáveis. Eu amo muito vocês dois.

Ms. Roz

E não é assim que nós humanos, seja qual for a raça, credo ou nacionalidade, devemos tratar uns aos outros?  Afinal, todos nós estamos juntos nessa grande nave, que vagueia pelo espaço, fazendo parte de uma só raça: a raça humana.

(Fonte)

Compartilhe com as pessoas queridas: