A juíza chamou o presidiário no tribunal, mas não para o que você está pensando

Compartilhe com as pessoas queridas:

O sistema judiciário nos Estados Unidos, bem como no Brasil, é muitas vezes considerado corrupto. Porém nem todos os juízes e juízas possuem um coração maldoso.

De qualquer forma, não podemos esquecer que, embora no mundo todo os juízes e juízas sejam responsáveis por julgar casos cíveis e criminais, eles também são humanos.

A Juíza Amber Wolf, do Condado de Jefferson, no estado do Kentucky – EUA, muitas vezes tem mostrado compaixão dentro do tribunal, e uma de suas decisões recentes não foi exceção.

Apesar dela ter dado ordem para o presidiário ficar afastado de sua família, ela permitiu que ele tivesse sua primeira visita a seu filho de um mês de idade.

Embora a fala no vídeo seja em inglês, não há a necessidade de se compreender a língua, pois a cena fala por si própria. É perfeitamente perceptível ao final do vídeo que o presidiário ficou emocionado. Veja:

[‘Este é o seu filho’: Momento de emoção quando presidiário conheceu seu filho de um ano de idade…]

Tomara que, ao segurar seu bebê no colo, este homem tenha se comovido o suficiente para querer levar uma vida honesta e íntegra, como exemplo para seu filho recém nascido.

eak

Fonte das informaçõesviralnova.com


Compartilhe com as pessoas queridas: