Seis amigos levam seu amigo deficiente para uma viagem inesquecível

Compartilhe com as pessoas queridas:

No verão de 2015, um grupo de amigos decidiu partir em uma aventura juntos. Eles queriam ir para a Europa, mas iria ser um pouco mais complicado neste caso. Afinal, um deles estava em uma cadeira de rodas.

Kevan Chandler nasceu com atrofia muscular espinhal, uma doença neuromuscular, que limita sua mobilidade e sua turma queria visitar alguns lugares específicos que não são exatamente acessíveis para pessoas com desabilidades.

Os sete amigos passaram um ano trabalhando em direção a seu objetivo, inclusive organizando uma campanha de fundos e a criação de uma mochila para transportar Kevan em suas costas. Este projeto tornou-se conhecido como We Carry Kevan (algo como: Nós Carregamos Kevan), e cresceu para ser mais do que eles jamais sonharam.

Em junho de 2016, eles embarcaram num avião para Paris, deixando a cadeira de rodas de Kevan no aeroporto em Atlanta, nos EUA. A equipe passou três semanas explorando as cidades e campos da Europa, completamente destituída na questão da acessibilidade.

Quatro dos homens se revezaram carregando Kevan, enquanto dois filmaram a experiência.

De festas dançantes em França até as subidas monásticas na Irlanda, estes amigos viram o mundo como ele realmente é – grande, selvagem, maravilhoso, e aberto a seus passos.

Kevan disse:

Uma das coisas mais bonitas disso, foi que eu fui nesta aventura com alguns dos meus melhores amigos, e nós poderíamos ir a qualquer lugar e fazer tudo sem ter que pensar sobre acessibilidade.

Então, de certa forma, redefinimos a ideia de acessibilidade, na qual tudo se tornou acessível, porque nós fizemos isso de forma diferente.

amigos levam seu amigo deficiente para uma viagem

Kevan se recusa a deixar sua deficiência definí-lo:

‘Há uma realidade que nós [Kevan e sua irmã] somos deficientes. Não é uma palavra má, não é um equívoco, não podemos andar. Vou referir a mim como um aleijado. Eu não me importo, porque isso é o que eu sou, mas eu também percebo que isso é apenas uma parte de quem eu sou, isso não é inteiramente quem eu sou, então eu não sou definido pela cadeira de rodas na qual estou, ou pela força que eu tenho.

Veja abaixo mais fotos dessa grande aventura que estes 7 amigos embarcaram, com muito amor, seguida de um vídeo:

 

(Fonte)

Termos recentes de pesquisa:


Compartilhe com as pessoas queridas: