É isto que tem dentro do canal do seu ouvido, e você vai ficar com nojo

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

A cera de ouvido parece diferente dependendo de onde você é do mundo.

O acúmulo pegajoso em nossos ouvidos é um aborrecimento que todos têm que enfrentar  – desde resíduos de cera em fones de ouvido, até dificuldade de audição.

Os cientistas mergulharam no mundo gorduroso da cera para desvendar que ela é, de fato, composta de uma série de ingredientes que podem te deixar com o estômago virado.

canal do seu ouvido

A substância laranja lustrosa é feita de um coquetel grotesco de células da pele morta, ácidos graxos, colesterol e gordura corporal.

Geralmente ocorrendo no ouvido externo, a cera é de fato produzida no canal auditivo, que está entre o seu ouvido externo, visível e o seu ouvido médio.

Essa seção do ouvido é revestida com glândulas ceruminosas, que produzem a cera.

Também conhecida pelo seu nome técnico de cerúmen, a cera é parcialmente constituída por sebo – uma secreção gordurosa da pele. E cerca de 60 por cento do material pegajoso é composto de queratina, uma proteína.

Embora a cera tenha a mesma composição básica em cada pessoa, existe uma região do mundo que parece inteiramente diferente do resto da população.

As pessoas do nordeste da Ásia, como a China e a Coréia, são de fato mais propensas a ter cera seca. A cera deles geralmente é de cor vermelha ou preta e podem ser bastante duras, mas também variam de cor amarelo pálido e podem ser escamosas.

O resto do mundo tem a constituição típica da cera, que é laranja e pegajosa.

Embora algumas pessoas possam ficar enojadas pela cera, ela atende uma função importante.  Ela ajuda a evitar que sujeira, bactérias e outras coisas nojentas entrem nos canais sensíveis do ouvido. E também, a cera é auto-limpante.

E se a moça abaixo tivesse deixado a cera em seu ouvido, ao invés de limpá-la com cotonete, não teria acontecido isto:

n3m3

Fonte

Termos recentes de pesquisa:


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)