Cientistas estão se reunindo para redefinir o quilograma

Os cientistas estão redefinindo o quilograma que usamos todos os dias. O padrão de 129 anos para o quilograma vai mudar muito em breve. Em 16 de novembro de 2018, cientistas de todo o mundo estão se reunindo na Conferência Geral sobre Pesos e Medidas em Versalhes, na França, para votar em uma nova definição de um quilograma que a liga a uma constante universal na natureza.

Quando a definição mudar, a Conferência Geral sobre Pesos e Medidas completará o sonho original do sistema métrico, que foi adotado em meio à Revolução Francesa. O sistema métrico – que evoluiu para o Sistema Internacional de Unidades, ou SI – foi projetado para ser ‘para todos os tempos, para todas as pessoas’, diz Stephan Schlamminger, um cientista do NIST envolvido na redefinição.

“Objetos sempre mudam”, diz Stephan. Com a nova definição, ele diz, “vamos de um objeto” na Terra “para as coisas que estão nos céus”, disse ele.

Ian Robinson, especialista em materiais e engenharia do Laboratório Nacional de Física da Grã-Bretanha, disse à Reuters que um bloco nem sempre pesa o mesmo. Embora abrigado em três potes de vidro, ele ainda pode ficar empoeirado e afetado pela atmosfera.

Ele disse:

Vivemos em um mundo moderno. Existem poluentes na atmosfera que podem se ater à massa.

No sistema atual, você tem que relacionar pequenas massas com grandes massas por subdivisão. Isso é muito difícil – e as incertezas se acumulam muito, muito rapidamente.

Uma das coisas que essa (nova) técnica nos permite fazer é medir a massa diretamente na escala que quisermos, e isso é um grande passo à frente”.

(Fonte)

Muitas coisas ainda não ficaram claras, mas parece que vamos ter que esperar para ver o que eles farão com o quilo. Será que o quilo vai ficar mais leve ou mais pesado?

Compartilhe com as pessoas queridas: