Cientistas suíços testam possível refrigerador romano

refrigerador romano

SUÍÇA — De acordo com uma reportagem do The Local, uma equipe de pesquisadores, liderados por Peter-Andrew Schwarz, da Universidade da Basileia, está testando um poço revestido de pedras descoberta no solo romano de Augusta Raurica, localizada no Reno, rio no norte da Suíça.

Schwarz e sua equipe estão tentando determinar se o poço pode ter sido usado pelos romanos para armazenamento a frio durante os meses de verão, já que se sabe que eles usaram estruturas similares em outros locais para refrigerar queijo, vinho, ostras e outros alimentos.

Em sua primeira tentativa, os cientistas encheram o poço de neve de uma vez só, mas descobriram que as temperaturas dentro do poço subiram acima do ponto de congelamento, mesmo durante os meses de inverno. Quando Schwarz e sua equipe gradualmente encheram o poço com blocos de neve e gelo, a neve durou até junho.

Por causa da tentativa atual de manter o poço frio, os pesquisadores pegaram emprestado o método empregado pelos fabricantes de gelo na ilha de Maiorca – eles vão colocar camadas de neve com cerca de 30 cm no poço e separá-las com camadas de palha. Os cientistas vão monitorar as temperaturas no poço durante o próximo verão.

Sem eletricidade, os povos da antiguidade conseguiam manter seus alimentos refrigerados de formas muito inventivas. Esta provavelmente é mais uma delas.

Compartilhe com as pessoas queridas: