Criatura em forma de tubo é descoberta no mar

Compartilhe com as pessoas queridas:

Uma enorme “criatura” que foi fotografada por um mergulhador na costa da Austrália gerou intensas especulações sobre o que poderia ser o animal misterioso.

Seria um monstro marinho das profundezas?  Um enorme verme do mar com corpo iluminado?

Acontece que não é nada disso. O tubo translúcido e brilhante que foi fotografado por Jay Wink, proprietário e operador da ABC Scuba Diving Port Douglas, de Port Douglas, em Queensland, é composto de cordas de ovos de lulas de uma espécie pouco conhecida, disse Rebecca Helm, bióloga de águas-vivas na instituição oceanográfica Woods Hole, em Massachusetts.

Foram várias as especulações sobre a “criatura”, mas se as pessoas olharem atentamente, elas verão que a massa não tem um exterior sólido, mas é incrivelmente transparente, Helm explicou em uma postagem sobre casos de ovos de lulas.

A massa parece que é feita de fios de bolinhas rosa peroladas, como as cortinas com contas que geralmente ficam penduradas nos dormitórios da faculdade. Essas gotas cor-de-rosa incandescentes são de fato os próprios ovos de lula, disse Helm.

Mesmo assim, qualquer mergulhador que descobrir uma “criatura” dessa deve ficar entusiasmado – ver uma massa desse tipo é um evento ultra raro, Helm disse na postagem.

Ele escreveu:

Essas massas de ovos são incrivelmente raras. Se eu estivesse lá, eu estaria gritando de alegria através do meu regulador. Espero que os mergulhadores saibam se tratou de um incidente de sorte.

 

Criatura em forma de tubo

A criatura misteriosa que colocou esses ovos provavelmente é uma lula de diamante, embora isso não seja definitivo, disse Helm. Crédito: Jay Wink / Abc Scuba Diving Port Douglas

Helm escreveu à Live Science em um e-mail:

A espécie que foi publicada é a Thysanoteuthis rhombus , mas é difícil saber com certeza. Identificar ovos de lulas é uma arte muito esotérica.

A lula em forma de diamante é uma criatura grande e misteriosa que pode ter aproximadamente 1 metro de comprimento e pesa 30 quilos. A espécie parece um pouco como uma pipa afixada em um punhado de tentáculos, e os animais vivem em pares macho-fêmea para toda a vida (cerca de um ano). Essas enormes criaturas do mar botam grandes quantidades de ovos agrupados, de 1,8 metros de comprimento, de acordo com um artigo de 2006 no Journal of Molluscan Studies. Cada grupo de ovos pode transportar entre 24.100 e 43.800 ovos, de acordo com um estudo de 2002 no Journal of Plankton Research.

Os ovos fertilizados são encapsulados em um tipo de material gelatinoso e geralmente são colocados no oceano aberto. Uma vez que são liberados, os ovos estão provavelmente por conta própria, disse Helm.

Ele disse:

Os ovos basicamente flutuam no oceano. Não é provável que os pais visitem, embora algumas mães lulas cuidem de seus ovos e os abracem durante o desenvolvimento.

O brilho rosado é a cor dos próprios ovos, embora não esteja claro exatamente o que lhes dá essa tonalidade vibrante, disse Helm. No entanto, as pesquisas anteriores sobre larvas de lulas em forma de diamante que se desenvolvem a partir dos ovos no laboratório, revelaram que elas estão repletas de linhas de cromatóforos avermelhados e amarelos, ou células contendo pigmento, de acordo com o estudo do Journal of Plankton Research.

As massas de ovos são tipicamente encontradas em regiões com fortes correntes quentes, de acordo com esse estudo.

eak

Fonte

Tatiane Kaory


Compartilhe com as pessoas queridas: