Cabelos grisalhos poderão ser uma coisa do passado

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

Cabelos grisalhos poderão ser uma coisa do passado, pois novas drogas tiveram um efeito colateral bizarro, mudando os cabelos brancos de volta ao castanho.


O tratamento do câncer é notório para fazer cair os cabelos do paciente, mas um medicamento está tendo quase o efeito oposto.

Um estudo espanhol  percebeu em 14 pessoas – algumas com mais de 70 anos – que seus cabelos grisalhos estavam retornando à um tom jovial de castanho.

O teste, que foi feito em mais de 50 pacientes, estava testando novos medicamentos de imunoterapia, que funcionam de forma diferente do tratamento atualmente no mercado, e que tem incontáveis efeitos colaterais.

Os 14 casos foram descobertos entre 52 pacientes com câncer de pulmão, e estavam sendo monitorados para ver quais efeitos colaterais as drogas Keytruda, Opdivo e Tecentriq produziram .

A Dra. Noelia Rivera, uma dermatologista da Universidade Autônoma de Barcelona, ​​disse que, no início, eles achavam que era ‘um caso isolado’, mas outros pacientes começaram a relatar reações semelhantes.

Os pesquisadores pediram por fotos dos participantes antes do tratamento, e ficaram surpresos com o que viram.

Em 13 pessoas, seus cabelos adquiriram um tom de castanho escuro ou preto, e em uma pessoa ficou preto em manchas.

Apesar de não ser uniforme em todos os pacientes, o fato de que isso afetou 14 pessoas mostra aos cientistas que não era uma coincidência.

E em outra questão, que deixou os cientistas coçando suas cabeças, os mesmos medicamentos demonstraram ter o efeito oposto para pacientes com câncer sofrendo de melanoma.

Nessas pessoas, descobriu-se que as drogas fazem os cabelos perderem seus pigmentos.

Os 14 pacientes responderam melhor ao tratamento do que os outros no estudo, sugerindo que o seu escurecimento do cabelo poderia ser um sinal de funcionamento das drogas, teorizaram os pesquisadores.

A Dra. Rivera disse que mais estudos seriam necessários para descobrir se os casos ocorreram por acaso.

cabelos grisalhos

E, apesar do potencial das drogas para uso comercial na coloração dos cabelos, uma possível alternativa aos corantes, a Dra. June Robinson, professora de pesquisa da Universidade Northwestern em Dermatologia, descartou isso por enquanto.

Ela disse: ‘É um relatório fascinante – uma dessas coisas que sai do nada’.

A Dra. Rivera disse que os resultados precisam ser melhores estudados e ainda é muito cedo para promover este estudo como a possível cura para os cabelos grisalhos.

Mas não é a primeira vez que a indústria de cosméticos tem capitalizado em um efeito colateral não intencional de estudos médicos ou científicos.

Alguns que chegaram ao mercado são: a Propecia, uma droga para a calvície masculina, Latisse, que ajuda a aumentar o cílio e o Botox.

Suas propriedades comerciais foram descobertas através de estudos destinados a tratar próstatas alargadas, problemas de pressão ocular e espasmos musculares oculares.

Só esperemos que a cura do câncer, que tem causado tanto sofrimento no mundo, seja descoberta logo. Já passou da hora.

n3m3

Fonte


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)