11 dicas de como aprender um idioma estrangeiro de forma mais rápida

Compartilhe com amigos! Obrigado

Num mundo que demanda o aprendizado acelerado e enormes mudanças, a habilidade de se aprender uma língua de forma rápida é de muita importância. E esta habilidade pode ser transferida para praticamente tudo que você queira aprender. Os erros mais comuns que vemos as pessoas fazerem quando tentam aprender uma língua, é o de tentarem sozinhas.

Após árduos anos de longas noites na biblioteca, lendo livros, ou horas sentados assistindo palestras chatas, naturalmente transferimos os mesmos hábitos ao aprendizado de idiomas. Mas o aprendizado de um idioma, como qualquer habilidade, já foi aprendido por especialistas em línguas ao redor do mundo, os quais revelaram alguns de seus melhores segredos. Ao imitarmos alguém que já conseguiu chegar aonde queremos ir, podemos aprender de seus erros, e atingir os nossos resultados de forma mais rápida.

Aqui estão as melhores formas de aprender um idioma, sugeridas por 11 especialistas ao redor do mundo:

 

1. Não consulte no dicionário cada nova palavra que surge

“Vai chegar uma hora que você estará morrendo de curiosidade para saber o significado de uma determinada palavra. Tudo bem – mas se você consultar cada palavra no dicionário, você nunca vai chegar a lugar algum. Ao invés disso, somente consulte palavras que parecem estar surgindo com mais frequência – elas serão a chave para a compreensão do que você está lendo.” – Olly Richards, iwillteachyoualanguage.com

2. Crie metas específicas

“Para se ter sucesso no aprendizado do que você precisa para sua viagem, você deve ser o mais específico possível. Tenho sorte o suficiente para tipicamente ter três meses antes de uma viagem, nos quais eu devoto a maior parte dos meus dias para aprender um idioma, e isso torna a fluência uma meta realista.” – Matt Kepnes, NomadicMatt.com

 

3. Aja como uma criança

“A ideia de que crianças aprendem melhor do que adultos é um mito. Um novo estudo não pôde provar uma ligação direta entre a idade e a habilidade de aprender. A chave de aprender tão rápido quanto uma criança pode estar simplesmente no ato de se ter atitudes de crianças: por exemplo, a falta de auto-consciência, um desejo de brincar com a linguagem e disposição para errar.” – Matthew Youlden, fluente em 9 idiomas

 

4. Aprenda os cognatos – palavras que têm uma origem comum, independentemente do idioma

“Começar a aprender um idioma ‘do zero’ é essencialmente impossível devido à vasta quantidade de palavras que você já sabe através dos cognatos. Action, nation, precipitation, solution, frustration, tradition, communication, extinction, e milhares de outras palavras com ‘-tion’ são soletradas da mesma forma em francês, e você pode facilmente se acostumar com a pronúncia diferente. Mude aquele ‘-tion’ por um ‘-ción’ e você tem as mesmas palavras em espanhol. No italiano é ‘-zione’ e no português [-é claro] substitua por ‘-ção’. – Benny Lewis, Founder of Fluentin3months.com

 

5. Aprenda 625 palavras básicas, usando figuras e não traduções

“Para começar a aprender qualquer idioma, sugiro que comece com as palavras mais comuns e concretas, pois estas fazem parte do melhor uso do seu tempo. Esta é a regra 80/20 em ação: Por que aprender ‘sobrinha’ no começo, quando você irá precisar de ‘mãe’ oito vezes mais?” – Gabriel Wyner, author of Fluent Forever

 

6. Estabeleça consequências

“Muitas pessoas não atingem suas metas porque não há ramificações se eles desistirem. Conserte este problema associando o fracasso a incentivos negativos (tais como lavar a roupa de seu/sua companheiro(a) por um mês, caso você desista de suas metas…” – Nick English, Greatist.com

 

7. Foque em imersão imediata

“Um dos conselhos mais controversos, mas um que absolutamente insisto quando aconselho principiantes, é que você deve falar a língua imediatamente, se a sua meta é a de falar o idioma.” – Tim Ferriss, Fourhourworkweek.com

 

8. Seja um aluno ativo

“Você precisa ser um aluno ativo. A maioria das pessoas se permitem ser ensinadas, mas você deve ter um papel ativo fazendo perguntas…” – Maneesh Sethi, Founder of Pavlok and Hackthesystem.com

 

9. Misture velhos conceitos com os novos enquanto você aprende

“Não é tão fácil para adultos aprenderem uma nova língua quanto para crianças que têm ‘cérebros esponja’.  Mas você ainda pode dominar uma nova língua e aprender de forma eficiente se souber como o seu cérebro funciona quando confrontado com este desafio. A ciência do aprendizado de novos idiomas mostra porque a repetição espaçada é melhor, porque você deveria estudar à noite, porque procurar por conteúdo que você mais gosta em outras línguas, e porque você deveria misturar velhos conceitos com novos enquanto você estuda.” – Melanie Pinola

 

10. Deixe a tecnologia lhe ajudar

“Dmitrochenkova tem uma grande ideia: ‘Uma coisa engraçada, tal como reconfigurar a linguagem do seu celular, pode lhe ajudar a aprender novas palavras de forma imediata’, diz ela. A mesma coisa ocorre se o fizer no seu navegador da Internet.  Ou você pode procurar oportunidades mais estruturadas online. O tradutor holandês Els De Keyser recomenda Anki para a memorização de vocabulário com seus ‘flashcards‘ inteligentes – Krystian Aparta, TED.com

 

11. Conversação, conversação, conversação

“Se há um ‘segredo’ ou ‘macete’ para o aprendizado de um novo idioma, é isto: Horas e horas de conversação com pessoas melhores que você naquele idioma. Uma hora de conversação (com correções e um dicionário para referência) é tão bom quanto cinco horas numa sala de aula, e 10 horas fazendo um curso de idiomas de forma solitária.” – Mark Manson, Autor de Attract Women Through Honesty

Agora é com você. Qual desses 11 macetes você acha que funcionaria melhor no seu caso?.

Se você tiver amigos que queiram aprender um novo idioma, compartilhe isto com eles!

Obrigada,

eak

Fonte

Termos recentes de pesquisa:


Compartilhe com amigos! Obrigado