Disseram para esta modelo sudanêsa clarear sua pela, e sua resposta inspirou mulheres no mundo todo

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

Nyakim Gatwech é uma modelo sudanêsa com uma cútis muito escura. Com 14 anos, ela se mudou para os EUA de um campo de refugiados na África, mas seus problemas não desapareceram. Por causa do bullying que ela sofreu devido a sua cor de pele, Nyakim queria desistir de seu sonho de se tornar um modelo. Mas ela permaneceu forte e aprendeu a se amar.

Todas as pessoas que já duvidaram de si mesmos acharão sua história nada menos que inspiradora.

Conheça a brava e linda Nyakim:

A aparência impactante de Nyakim ajudou-a a se destacar da multidão quando se tratava de modelos. Aos 24 anos, ela já conquistou 350 mil seguidores no Instagram e já trabalhou com marcas famosas como Calvin Klein, Fashion Nova, Aldo e Cosmopolitan. Mas seu caminho para a fama não foi fácil.


Nyakim passou sua infância em um campo de refugiados na África. Sua mãe fugiu do país antes mesmo dela nascer devido à guerra no Sudão. Sua irmã mais velha faleceu e seu irmão ficou com uma cicatriz obtida quando foi atacado com uma faca. Quando a família se mudou para os EUA, a futura modelo viveu um estilo de vida mais confortável e pacífico, mas seu estado emocional piorou.


As crianças em escolas americanas sempre a perseguiram por ser “muito escura”. Elas diziam: “Você não toma banho. É por isso que sua pele está suja”, ou “Sorria para que possamos vê-la!”

Ela chorava até dormir todas as noites e até quis clarear a pele porque havia muitas mulheres sudanêsas que tinham feito isso. Até a irmã de Nyakim branqueou sua pele. Mas quando Nyakim disse que ela queria clarear sua pele também, sua irmã não permitiu que ela o fizesse e disse: “Você não estaria apenas branqueando sua pele, você estaria descolorindo sua mente. Eu fiz isso e me arrependo.”


Na época, a futura modelo pensou: “Essas crianças acham que sou feia. Eu não me vejo no mundo das modelos.” Mas ela tirou esse pensamento da mente e conseguiu amar sua própria beleza única.


Uma vez que ela se tornou uma modelo popular, Nyakim se viu em uma situação desagradável. Um motorista do Uber a perguntou: “Se você recebesse 10 mil dólares, você branquearia sua pele?” Ela apenas riu e quis saber porque ele achava que ela deveria fazer isso. Ele disse que ela deveria fazer isso porque a vida seria mais fácil para ela. Seria mais fácil para ela ter um relacionamento e ela teria mais oportunidades de emprego se ela fosse mais clara. Nyakim respondeu: “Mesmo se ser mais clara torne minha vida mais fácil, eu prefiro tomar o caminho mais difícil.”


Nyakim foi apelidada de “A Rainha do Escuro”, e ela aceitou com imenso orgulho.

Perguntaram-me se eu gostava do meu apelido ou não. Eu disse que adorei. O preto não é uma cor de tristeza ou morte ou mal. Então eu sou a Rainha do Escuro que traz luz e amor para aqueles que me rodeiam.-Nyakim Gatwech


A brilhante e bela modelo Nyakim inspirou muitas mulheres em todo o mundo a aceitarem suas singularidades e amarem e respeitarem-se, porque toda mulher é maravilhosa à sua maneira.

Todas maravilhosas!

(Fonte)


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)