Doador de cabeça desiste do transplante e casa com linda mulher

Doador de cabeça desiste do transplante e casa com linda mulher
Valery Spiridonov segurando seu bebê.

A história do homem russo que se ofereceu para ser o primeiro doador de transplante de cabeça do mundo acabou de ter um final feliz … mas provavelmente não é o que você e ele esperavam. Enquanto o médico chefe de transplante está na China (que surpresa, não?), a ex-paciente agora está casado com uma linda e rica mulher, que mora nos Estados Unidos, comemorando o nascimento de seu primeiro filho, e levantando ajuda para pessoas com deficiências como ele… Não parece um tema de filme?

Se a sociedade não quiser, não o farei. Mas se as pessoas não quiserem nos EUA ou na Europa, isso não significa que não será feito em outro lugar.

Em 2015, o Dr. Sergio Canavero, de Turim, na Itália, anunciou que tinha o conhecimento e um voluntário, e conduziria um transplante de cabeça bem-sucedido até 2017. (Reserve um momento para conferir em que data estamos hoje.) O voluntário/paciente era Valery Spiridonov, um programador de computador russo permanentemente confinado a uma cadeira de rodas, devido à doença Werdnig-Hoffmann, o tipo mais grave de atrofia muscular espinhal, uma enfermidade neuromuscular genética. Na época, Spiridonov explicou seu raciocínio.

Minha motivação é melhorar minhas próprias condições de vida e ir para o estágio em que serei capaz de cuidar de mim mesmo, onde serei independente de outras pessoas.

Spiridonov assistiu enquanto o Dr. Canavero experimentava com sucesso com ratos e cadáveres.

Então aconteceu o inesperado

Vivíamos na mesma cidade, e muitas vezes nos encontramos para falar sobre assuntos profissionais e logo percebemos que nos sentíamos muito bem juntos. Ela tem vários diplomas… Casamos há pouco mais de um ano em Moscou.

Segundo Komsomolskaya Pravda e relatado no The Sun, Spiridonov conheceu Anastasia Panfilova, uma jovem glamorosa com mestrado em tecnologia química, uma carreira em tecnologia da computação, que gostava de rapazes em cadeiras de rodas:

Essas pessoas têm sentimentos muito mais profundos, são fiéis, de bom coração, e também são geralmente muito inteligentes … não é essa a coisa principal?

O artigo anunciou que Valery e Anastasia são agora os pais orgulhosos de um menino de seis semanas de idade, que não mostra sinais de doença hereditária de seu pai, e estão vivendo em uma mansão na praia, bem equipados, perto da Universidade da Flórida, onde Valery é dito estar estudando a análise por computador das emoções e trabalhando em uma cadeira de rodas ativada por voz.

Estranhamente, as imagens mostram fotos de Anastasia e de Valery na praia, mas não selfies do casal feliz juntos ou orgulhosamente segurando o novo bebê. Além disso, Spiridonov sugere que algo (ou algumas coisas) podem ter dado errado com os experimentos do Dr. Canavero. 

Valery e Dr. Canavero

Todo mundo teria se beneficiado das informações sobre o que deu errado na China e o porquê. Eu não tenho essa informação hoje e isso não ajuda na pesquisa. Espero que Canavero a publique em detalhes um dia.

Há um ano, Canavero disse que tinha doadores de cabeça e de corpos (esses seriam pacientes com morte cerebral) alinhados na China. O governo chinês está preocupado com a publicidade negativa que esse tipo de operação, sem dúvida, geraria – semelhante ao tsunami criado pela recente notícia de que um médico havia usado a edição genética em um embrião humano?…

(Fonte)

Pelo jeito, Valery perdeu a cabeça para a Anastasia, e não para o Dr. Canavero.

Vamos ficar atentos se houver algum outro capítulo para esta história.

Termos recentes de pesquisa:

Compartilhe com as pessoas queridas: