É assim que se limpa um smartphone sem destruí-lo

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

É assim que se limpa um smartphone sem destruí-lo

Nossas mãos estão entre as partes mais sujas do nosso corpo. Desculpe, mas é verdade. E isso coloca nossos smartphones em uma posição infeliz. Você não quer que o seu dispositivo de alta tecnologia também seja um pesadelo que carrega doenças, mas também não é possível jogá-lo na lavadora de pratos para deixá-lo higienizado. Felizmente, existem algumas dicas e truques que você pode usar para limpar seu telefone (só fique atento quanto à sua garantia).

Limpeza de chamadas

Sim, o seu telefone está sujo. Basta ler o relato angustiante desta escritora do Buzzfeed sobre o que aconteceu quando ela testou os telefones dela e de seus colegas de trabalho para ver o que estava vivendo neles. Alerta de spoiler: literalmente, todo telefone era basicamente uma germe-topia próspera. Mas você não pode simplesmente afundar seu telefone na pia e esfregá-lo bem, pelo menos os modelos mais antigos. Se ele não puder ficar exposto à água, outros líquidos como desinfetantes, detergente e água sanitária não serão tão prejudiciais? Felizmente não. Você pode e deve usar produtos de limpeza para higienizar seu telefone – é apenas uma questão de saber como evitar qualquer dano à tecnologia.

Primeiro, o básico. Quase todos os fabricantes de telefones recomendam alguma forma de limpeza. A Apple sugere limpar o seu iPhone com um pano ligeiramente úmido e sem fiapos. A Motorola sugere usar um pano de microfibra – do tipo que você pode limpar seus óculos – com um pouco de água se o dispositivo estiver realmente sujo. Quanto ao telefone Pixel, do Google, a empresa deu o ok para usar sabão, se necessário. Esses métodos ajudarão muito a ter um telefone mais limpo, mas infelizmente não o desinfetarão. E a desinfecção é importante, especialmente se você trabalha em um lugar onde germes e bactérias mais sérias estão flutuando no ar.

Em 2013, um estudo testou vários métodos diferentes de limpeza em um iPad que havia sido exposto a Clostridium difficile (geralmente chamado de C. diff) e Staphylococcus aureus resistente à meticilina (também conhecido como MRSA), dois habitantes comuns e potencialmente perigosos de instalações médicas. O que eles descobriram foi que uma limpeza com água sanitária (lixívia) foi a técnica mais eficaz. Um pano úmido foi o segundo mais eficaz, e um algodão embebido em álcool foi o mínimo.

Outro estudo sobre outro iPad imundo também confirmou que os lenços umedecidos funcionam melhor. Infelizmente, esses lenços de água sanitária pré-embalados também podem ser muito abrasivos e, mais cedo ou mais tarde, eles corroerão o revestimento protetor que protege seu telefone de impressões digitais oleosas. Pior ainda, usar esses métodos pode anular sua garantia, já que as empresas recomendam especificamente contra eles.

Eficácia diária

Há duas coisas a ter em mente sobre esses estudos, e ambos são boas notícias. Primeiro de tudo, você não encontrará muitas vezes os tipos de germes encontrados num hospital. Em segundo lugar, você provavelmente ficará melhor utilizando os métodos de limpeza recomendados pelo fabricante diariamente, além de (e isso é importante) lavar as mãos regularmente. Mas e se algo terrível acontecer? E se você deixar seu telefone cair no vaso sanitário? Nesse caso, a água sanitária provavelmente é sua melhor aposta – mas não podemos enfatizar o suficiente que usá-la pode anular sua garantia.

Borrife suavemente o telefone com um limpador multiuso que contenha alvejante, aguarde 30 segundos (e não mais, se você não quiser comprar um novo telefone) e, em seguida, limpe-o com um pano de microfibra. Pronto! Você tem um telefone limpo e brilhante. Mas você ainda precisa lavar as mãos.

(Fonte)


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)