Empresa holandesa treina corvos para limpar as ruas

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

Empresa holandesa treina corvos para limpar as ruasUma empresa start-up chamada ‘Crowded Cities‘ surgiu com uma ideia genial para limpar as ruas da Holanda, sem ter que contratar pessoal para sair por aí. Eles estão treinando corvos para pegar as bitucas dos cigarros das ruas em troca de saborosos pratos de comida.

Os corvos usam um dispositivo chamado Crowbar para depositar as bitucas em troca do agrado

O processo é bastante simples; os corvos pegam os cigarros do chão e os colocam em um “dispositivo Crowbar”. Este dispositivo examina o lixo e, quando determina que o corvo colocou a bituca de um cigarro descartado, ele dá um alimento à ele. A empresa start-up acredita que isso treina as aves para saberem quando elas colocam o item correto no dispensador.

Esta empresa bastante estranha surgiu a partir da ideia de três pessoas que se uniram. Bob Spikman, um designer de experimentos, Ruben van der Vleuten, o designer de interação e Joshua Klein, que já estava trabalhando com os pássaros enquanto os ensinava a pegar moedas.

Crowbar.

Pesquisa sugere que os corvos ensinam outros corvos

O Crowbar foi projetado especificamente para treinar os corvos, daí o nome (Crow significa ‘corvo’ em inglês). Quando o pássaro encontra uma bituca de cigarro, ele vai até o Crowbar, jogando-a no funil do dispositivo. Uma câmera digitaliza o objeto, determina se é ou não uma bituca de cigarro, libera comida, o corvo fica feliz e então conecta o objeto ao item que coletou, lembrando-se dele.

Esperançosamente, o corvo então circula pela cidade, encontra as bitucas de cigarros  e leva-as de volta ao Crowbar. Os fundadores da empresa acreditam que os pássaros se comunicam entre si, permitindo que os outros saibam seguir o mesmo exemplo para limpar as ruas.

4,5 trilhões de tocos de cigarro sujam as ruas no mundo

Pessoas descartam cerca de 4,5 trilhões de tocos de cigarro a cada ano em todo o mundo, e eles não são ecologicamente corretos, já que não são biodegradáveis. Um dos maiores problemas, além de transformar as ruas em um lixão, é a chuva que leva-os para longe, entupindo drenos ou indo para o oceano ou rios. Isso faz com que a vida aquática confunda as bitucas de cigarro, que são tóxicas para a vida selvagem, com um petisco saboroso. Em alguns casos, os animais até engasgam com as bitucas.

As aves são inteligentes e capazes de aprendizagem

Esta não é a primeira vez que as pessoas descobrem o quão inteligentes são os corvos e outras aves. Corvos junto com papagaios Kea participaram de um estudo em Nova Caledônia. Pesquisadores observaram os pássaros manipulando objetos diferentes para obterem recompensas. Eles descobriram que os pássaros são muito inteligentes.

Veja abaixo um vídeo sobre a ideia da empresa holandesa (Para instruções de como ativar a legenda em português, embora não ela não seja exata, clique aqui):

(Fonte)

Pena que no Brasil não tenhamos corvos para dar conta dos “sugismundos” que têm por aí…

 


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)