Igreja permite que moradores de rua passem a noite lá, e lhes dá cobertores

Igreja permite que moradores de rua passem a noite lá

Há quase 15 anos, a igreja St. Boniface (São Bonifácio), em São Francisco, nos EUA, começou a abrir suas portas para moradores de rua que precisavam de abrigo. O esforço foi iniciado pelo Pe. Louis Vitale, e pela ativista comunitária Shelly Roder, em 2004, e é conhecido como o Projeto Gubbio.

Centenas de pessoas passam pela igreja todos os dias, usam os bancos para dormir e recebem cobertores da equipe.

Segundo o Projeto Gubbio:

Nenhuma pergunta é feita quando nossos convidados entram nas igrejas; em um esforço para remover todas as barreiras à entrada, não há folhas de inscrição ou formulários de inscrição. Ninguém nunca é mandado embora; todos são bem-vindos, respeitados e tratados com dignidade.

As dependências ainda estão abertas para os frequentadores locais da igreja que querem visitar durante todo o dia, mas 2/3 da igreja está reservado para o projeto Gubbio.

Um representante do Gubbio disse:

Isso envia uma mensagem poderosa aos nossos vizinhos sem teto – eles são, em essência, parte da comunidade, e não devem ser expulsos quando aqueles com casas vêm para adorar. Também envia uma mensagem para os participantes da missa – a comunidade inclui os cansados, os pobres, aqueles com problemas de saúde mental e aqueles que estão molhados, frios e sujos.

Uma das principais queixas que as pessoas costumam ter sobre abrigos é que elas podem se sentir como se estivesse em prisões e ser extremamente perigosos também; mas o projeto Gubbio parece diferente. Noventa e cinco por cento dos entrevistados disseram que sempre ou geralmente se sentem seguros no Projeto Gubbio, e aqueles que passam por lá não são tratados como prisioneiros como em muitos abrigos.

(Para instruções de como ativar a legenda em português, clique aqui):

(Fonte)

Belíssima ação para com os menos afortunados.

Compartilhe com as pessoas queridas: