Mãe grávida fica perpléxa quando sua cadela não para de latir e não entende que ela está tentando salvá-la,

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

Todos sabemos que os cães são os melhores amigos das pessoas. Eles não só nos oferecem companheirismo, mas nos fazem sorrir e nos divertem. Eles também nos protegem e se tornam guias quando perdemos nosso caminho. Eles também podem ver perigos que às vezes não podemos – como uma mulher do Reino Unido descobriu.

Facebook/Alhanna Butler

Conheça Keola, uma Akita americana de 3 anos, que vive em Doncaster, South Yorkshire. Em 2014, ela se tornou parte da família de Alhanna Butler e seu noivo, Ricky Burdis. O casal estava muito feliz em incluí-la em sua crescente família, e tinha planejado mimá-la e tirar muitas fotos também. Mas eles não perceberam que tinham um anjo da guarda em suas mãos.

Keola cresceu

Facebook/Alhanna Butler

Um ano depois, Keola cresceu, e Alhanna e Ricky estavam tão felizes com ela. Eles até se referiram a ela como ‘seu urso’. A Akita era maior e mais pesada do que eles, mas seu temperamento era doce e gentil. Alhanna também adorava abraçar Keola enquanto assistia TV no sofá. Mais tarde naquele ano, o casal teve uma ótima notícia.

Um bebê estava chegando

Facebook/Alhanna Butler

Em abril de 2015, Alhanna ficou sabendo que teria um bebê, o que encantou a família e os amigos do casal. Keola era ótima com crianças e também parecia entusiasmada com a nova adição que chegaria em alguns meses. Alhanna sabia que Keola seria uma boa irmã mais velha. Mas então ela percebeu que algo estava errado.

Dores aumentando

Facebook/Alhanna Butler

Alhanna começou a ter uma dor terrível nas costas no início de sua gravidez. Então, ela viu um médico, que lhe disse que a dor era apenas um efeito colateral de sua gravidez. Como seu crescente abdômen estava causando alguma pressão na coluna vertebral e os músculos das costas, Alhanna não tinha motivos para duvidar do prognóstico do médico. Então, ela foi para casa sentindo-se aliviada, mas alguém em sua casa não estava bem convencida.

Comportamento estranho da cadela

Facebook/Alhanna Butler

Alhanna começou a perceber que Keola agia estranho quando ela estava por perto, mas não sabia o porquê. Ela disse ao Mercury Press que ‘quando os médicos me enviaram para casa e disseram que não havia nada de errado, ela (Keola) simplesmente ficou de olho em mim com tanta atenção, que isso realmente me assustou.’ Ela tentou ignorar isso, mas Keola continuou a agir de forma ainda mais estranha enquanto a gravidez progredia.

Ela está diferente

Facebook/Alhanna Butler

Keola sempre foi muito tranquila, mas agora sua insistência havia aumentado. Alhanna começou a se preocupar, que sua gravidez poderia ser a causa dessa mudança no comportamento de seu cão. Talvez Keola estivesse com ciúmes de que ela não era mais o foco principal do casal. Ela sabia que teria que dar Keola se estivesse com ciúmes do bebê. Mas Alhanna não gostava de pensar nisso.

Outros sinais de alerta

Então, Ricky percebeu que Keola ficava muito chateada pela manhã, quando Alhanna ía trabalhar. Ela não parava de latir, o que nunca havia feito antes. Parecia que ela estava aterrorizada de que algo acontecesse com Alhanna, se ela não estivesse lá para protegê-la. O casal não conseguiu descobrir o que estava causando esse comportamento estranho, até que eles foram no Facebook e publicaram uma foto.

Levando as coisas à sério

O comportamento estranho de Keola aumentou. Ela cutucava Alhanna, olhava para ela por longos períodos e chorava. ‘Eu postei uma foto dela fazendo isso no Facebook e fiz uma piada sobre o filme Hachi, onde o cachorro também faz isso e, de repente, meus amigos começaram a dizer que eu deveria levá-la a sério.’ Então, o casal chegou à conclusão de que talvez Keola estava tentando alertá-los sobre algo.

Retorno ao hospital

Facebook/Alhanna Butler

Alhanna tomou o comportamento estranho de Keola como um aviso e voltou ao hospital para fazer um check-up. Depois que ela foi examinada, Alhanna foi levada para a UTI. O casal logo soube que Alhanna estava perto da morte, e isso os chocou. Finalmente, depois de meses de dores, Alhanna descobriu o motivo de suas dores nas costas.

Uma infecção mortal

Facebook/Alhanna Butler

Acontece que Alhanna havia contraído uma infecção renal dupla, que era a causa das dores terríveis na parte inferior das costas. Além disso, a infecção era tão rara, que era resistente aos antibióticos, mas até agora, apenas uma outra pessoa no Reino Unido, havia sido afetada por ela. Se Alhanna não tivesse ido ao hospital a tempo, é possível que ela e seu filho não nascido teriam morrido. Alhanna sabia imediatamente quem a salvou.

A Akita heroína

Facebook/Alhanna Butler

‘Ninguém realmente entendeu o quanto eu estava mal – mas Keola entendeu’, disse Alhanna. Felizmente, a infecção de Alhanna foi tratada, e com o passar do tempo, ela voltou a ser saudável. Sua gravidez também continuou em seu curso, e ela teve um bebê adorável, que chamaram de Lincoln. Agora, a família começou um novo capítulo.

Melhores amigos para toda vida, instantaneamente

Facebook/Alhanna Butler

Depois que Lincoln nasceu, Keola tornou-se uma babá e uma irmã com muita alegria, então, naturalmente, os dois se tornaram melhores amigos também. Eles gostam de tirar as sonecas juntos, e Keola é capaz de fazer Lincoln rir de maneiras que o casal não consegue. A fidelidade de Akita à sua família humana é impressionante, e as pessoas também perceberam.

Seu ato heroico for comemorado

Facebook/Alhanna Butler

Depois de compartilhar sua história com o Daily Mirror, Alhanna foi informada de que Keola foi nomeada para o ‘Prêmio do Animal Herói’ da RSPCA. Como finalista, Keola e sua família humana foram convidadas a comemorar em um evento de tapete vermelho. Mas para Keola, passar tempo com Alhanna, Ricky e seu novo melhor amigo, Lincoln, era a única recompensa de que precisava. Mas, Keola continua a garantir que a família permaneça saudável.

Ela é um anjo da guarda

Alhanna postou uma foto no Facebook de Keola consolando Lincoln, que estava doente, no início deste ano. Na legenda, ela escreveu: ‘Keola me acordou esta manhã entrando no meu quarto e então ouvi sons estranhos no monitor do bebê, então entrei no quarto de Lincoln e ele estava doente. Ela não saiu do seu lado desde então. ‘Obviamente, Keola é a melhor enfermeira de todos os tempos, mas como ela consegue isso?

O nariz dela salva vidas

Facebook/Alhanna Butler

O faro de Keola é sua arma secreta. Uma vez que os cães têm 4000% mais receptores de cheiro do que nós, eles podem distinguir até as menores mudanças nos aromas. Na verdade, alguns cães podem detectar doenças ao sentir pequenas alterações na composição química no corpo humano. Mesmo a ligeira alteração nos hormônios, ou a liberação de elementos orgânicos perigosos podem alertar um cão para um problema, o que provavelmente aconteceu no caso de Keola e Alhanna.

(Fonte)


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)