Ventou tanto na Alemanha, que os cidadãos receberam energia de graça

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

cidadãos receberam energia de graça

As tempestades na Europa na semana passada não só trouxeram tempo frio – elas também trouxeram energia de graça para a Alemanha.

Quando a produção de energia vai para o negativo – como fez no sábado – empresas de energia devem desligar suas usinas, ou pagar os consumidores para usarem a energia de suas redes.

Por causa da enorme quantidade de energia eólica gerada por turbinas alemães (cerca de 39.409 megawatts, o que é o equivalente a 40 reatores nucleares), as empresas de energia foram forçadas a pagar aos seus clientes a maior quantidade de dinheiro pela energia, desde o Natal de 2012, de acordo com a Bloomberg.

Em um comunicado de imprensa publicado pelo Wind Europe, a empresa diz que a energia eólica europeia quebrou um novo recorde em 28 de outubro de 2017, após quase um quarto (24 6%) da demanda de eletricidade da UE ter sido gerada pelo vento. Esta é uma melhoria significativa em relação ao recorde anterior de 19. 9%, que foi definido no início do mês.

Esta não é a primeira vez este ano que a energia eólica Europeia tem ultrapassado a do resto do mundo. Em julho, a Escócia quebrou um recorde de energia renovável, gerando o equivalente a 118% da eletricidade do país durante seis dias – exclusivamente através de energia eólica capturada entre janeiro e junho.

Definitivamente, precisamos de mais soluções para geração de energia, como a energia eólica.

(Fonte)


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)