Cientistas dizem ter encontrado onde a alma se encontra no corpo humano

Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)

onde a alma se encontra

O termo alma (do latim ‘anima‘) refere-se a uma entidade imaterial que, de acordo com as afirmações e crenças de diferentes tradições e perspectivas filosóficas e religiosas, todos os seres vivos têm.

A descrição das propriedades e características da alma varia de acordo com as diferentes tradições e perspectivas.

Etimologicamente, a palavra latina ‘anima’ foi usada para designar o princípio pelo qual os seres vivos foram dotados de seu próprio movimento.

Nesse sentido original, tanto as plantas, quanto os animais, em geral, seriam dotados de uma alma.

Os avanços na fisiologia e na neurologia permitiram reconhecer que os seres animados obedecem ao mesmo tipo de princípios físicos que os objetos inanimados, ao mesmo tempo em que desenvolvem diferentes atividades como a nutrição, o crescimento e a reprodução.

Mas, onde está localizada a alma?

Se estamos certos de que os seres humanos possuem uma alma, existe uma maneira de localizá-la dentro da fisiologia humana?

De acordo com a tradição religiosa judaico-cristã, a alma é a principal qualidade de identificação do movimento na matéria viva, tornando-a não-movente (inerte), independente do deslocamento dos outros.

O termo também aparece na visão antropológica de numerosos grupos culturais e religiosos. Na era moderna, o termo ‘alma’ é mais comumente usado em contextos religiosos.

A alma humana é fundamental para ser uma pessoa. Como C. S. Lewis disse:

Você não tem alma, você é uma alma, você tem um corpo.

Em outras palavras, a qualidade de ser uma pessoa não é baseada em ter um corpo. A alma é o que é necessário.

Platão considerou a alma como a dimensão mais importante do ser humano. Ele às vezes falava da alma como se estivesse preso em um corpo.

De acordo com Timeu, a alma era composta da substância idêntica e diversa que o demiurgo usou para criar a alma e as estrelas cósmicas. Além disso, os deuses inferiores criaram duas almas mortais: o apaixonado, que reside no tórax, e o apetite, que reside no abdômen.

 

A localização da alma humana

Milhares de anos depois que os primeiros filósofos escreveram sobre a alma humana, dois cientistas acreditam ter finalmente ‘localizado’ a alma.

De acordo com Stuart Hameroff, o Professor Emérito no Departamento de Anestesiologia e Psicologia e Diretor do Centro de Estudos da Consciência da Universidade do Arizona, e o físico britânico, Sir Roger Penrose, desenvolveram que a essência da nossa alma está contida dentro de estruturas referidas como microtúbulos, que por sua vez estão localizados dentro de nossas células cerebrais.

De acordo com uma teoria chamada redução objetiva orquestrada (sigla Orch-OR, em inglês), a experiência humana da consciência é o resultado direto dos efeitos da gravidade quântica nesses microtúbulos.

Essa teoria passou pelo escrutínio de outros cientistas que a criticaram fortemente.

De acordo com os cientistas, a ‘consciência’ pode ser vista como um programa, que é usado por um ‘computador quântico’ em nosso cérebro, que pode persistir no cosmos mesmo após a morte, algo que os pesquisadores dizem que pode explicar as várias percepções daqueles que têm experiências de quase-morte.

De acordo com a teoria controversa, em uma experiência de quase morte, os chamados microtúbulos perdem seu estado quântico e saem do sistema nervoso humano. No entanto, as informações contidas neles não são destruídas.

Em vez disso, essa informação deixa o corpo e se reúne com o Universo.

Os cientistas explicam que isso significa que nossa alma é mais do que a mera interação de neurônios no cérebro.

Em outras palavras, nossa ‘alma’ é feita a partir do próprio tecido do Universo – e pode ter existido desde o início dos tempos.

(Fonte)


Compartilhe com amigo(a)s! Obrigado. :)