Pescadores salvam raposa faminta que ficou ilhada em iceberg

Compartilhe com as pessoas queridas:

Pescadores salvam raposa faminta que ficou ilhada em icebergEsses pescadores não estavam procurando nada além de caranguejos quando partiram na sexta-feira, mas então viram uma pequena forma escura no topo de um iceberg.

Alan Russell e sua tripulação de Labrador, Newfoundland (Canadá), estavam a cerca de 7 quilômetros da costa quando avistaram o bicho empoleirado no topo de um pedaço de gelo. Quando eles se aproximaram, descobriram que era uma pequena raposa do Ártico, encharcada e tremendo de frio.

Inicialmente, os pescadores tentaram arrancar a raposa do gelo, mas ela estava muito nervosa para deixá-los chegar perto o suficiente. A equipe recorreu então a quebrar o gelo com seu barco e a tirar a raposa da água com uma rede.

A tripulação cuidou da raposa, mas ela recusou-se a comer qualquer coisa que eles lhe oferecessem.

O barco de Russell acabou parando para abastecer num porto próximo, onde compraram um pacote de serragem para ajudar a raposa a se secar. Não só isso, eles finalmente encontraram um deleite que atraiu a amiga resgatada: salsichas.

A tripulação conseguiu alimentar a raposa de volta à saúde, mantendo-a quente e alimentando-a com salsichas. Quando estava forte o suficiente para ser solta de volta à natureza, ela desenvolveu um vínculo amistoso com seus companheiros humanos.

“Ele não foi nada agressiva”, disse Russell ao Labrador Morning da CBC. “Depois de um tempo, quando ela estava por perto, gostava mais de nós, porque a estávamos alimentando. E ela não se importou conosco depois. ”

Russell supõe que o bicho estava caçando comida no bloco de gelo quando se separou do continente e flutuou para o mar.

“Ela provavelmente só tinha pouco mais de um dia no bloco de gelo, ou teria afundado”, disse ele. “E do jeito que o vento estava, o gelo provavelmente nunca iria voltar para a terra. Ela teve muita sorte.

(Fonte)

Que bom que algumas pessoas estão agindo de forma mais humana. Há alguns anos atrás, provavelmente os pescadores iriam deixar a raposa lá, ou então matá-la pela sua pele.


Compartilhe com as pessoas queridas: