Pessoas que choram nos filmes são as mais fortes

O artigo abaixo, escrito por Ossiana Tepfenhart, foi publicado no site yourtango.com:

Eu admito: Eu choro nos filmes… e livros, e música, e podcasts.  Dependendo de como estão meus níveis de hormônio, eu posso até, de forma adiantada, agarrar lenços de papel e simplesmente assistir um filme sozinha.

Embora muitas pessoas mostram um sorriso forçado quando me vêem assistindo um filme em lágrimas, eu não me importo. Que a verdade seja contada, as pessoas que choram em filmes tendem a ter algo que muitas das outras pessoas realmente ainda não cultivaram: a empatia.

lagrima

É necessário um tipo de pessoa especial para ter empatia. Muitas pessoas lá fora – narcisistas e sociopatas, por exemplo – nasceram sem isto e vivem todas as suas vidas sem alguma vez realmente se colocarem no lugar das outras pessoas. Isto significa que elas não sentem pelas outras pessoas. Embora a falta de empatia possa ser útil para um vendedor de carros usados, ela nem sempre é uma boa coisa.

Na verdade, se importar com a situação dos outros requer força – muita força. A vida é brutal para algumas pessoas e se você for capaz de realmente se colocar no lugar de alguém e sentir aquela dor, isto diz algo sobre você.

Você é forte o suficiente para aguentar aquela dor. Você é forte o suficiente para ser forte pelas outras pessoas. Você é forte ao ponto de compreender a situação delas e capaz de realmente sentir o que elas estão sentindo.

Nunca é uma coisa fraca se importar de verdade por outra pessoa, mesmo se aquela pessoa for um personagem fictício num filme. Isto mostra que você realmente tem um coração, e que é um coração que pode quebrar pelos outros. Embora ele possa ser quebrado, no final do filme você sabe que ele será remendado novamente.

Ser capaz de rapidamente se recuperar diz algo mais sobre as pessoas que choram durante os filmes: elas podem reagir como ninguém, e são fortes e inteligentes o suficiente para realmente separarem a realidade da ficção.

É claro, essa não é a única razão porque as pessoas choram em filmes. Há também lágrimas que fluem porque você tem estado ou esteve onde um personagem está – lágrimas de memórias que são dolorosas. Eu tenho descoberto que é algo purificador assistir filmes que têm pessoas passando pelas mesmas coisas que eu tenho passado, simplesmente porque me permite liberar de forma saudável alguns dos sentimentos presos em mim. Gostaria de ver como qualquer pessoa poderia duvidar da força de alguém quando esta pessoa confronta coisas que lhe machucaram no passado.

E então há o tipo de lágrimas que fluem quando você está realmente impressionada com o gênio artístico de um filme. Não é algo que pessoas arrogantes fazem.  Isto é chamado de Síndrome de Stendhal em sua forma mais avançada, e isto significa que um trabalho de arte o comoveu ao ponto de você ter sintomas físicos e emocionais.

Para as pessoas que realmente são susceptíveis à forma com que a arte os comove, assistir um filme realmente bom, escutar a um bom programa de rádio, ou mesmo ler a leitura certa pode ser um teste para sua habilidade de manter uma face serena.  Isto também pode ser um enorme passeio numa montanha russa – um passeio que o força a encarar e abraçar as emoções que a maioria das pessoas escolhe não ver.

Talvez, não seja o tipo de força que a maioria das pessoas pensa a respeito quando pensa numa pessoa forte, mas isto é o tipo de força emocional mais importante: empatia. E, a certo ponto, a perspicácia inteligente necessária para chorar num filme é algo que você realmente não pode negar.

Mesmo se não estamos levantando 50 quilos, estamos explorando nossa emoções, e isso pode levantar nossos espíritos mais altos do que qualquer outra coisa lá fora.

E você, chora em filmes?

vma-crying-9

n3m3

Compartilhe suas emoções com o mundo. Deixe seu comentário...