Policial amamenta bebê negligenciado ‘malcheiroso e sujo’, e é promovida

Compartilhe com as pessoas queridas:

Uma policial argentina está sendo celebrada, depois que fotos de sua amamentação de um bebê desnutrido se tornaram virais nas redes sociais.

Policial amamenta bebê negligenciado 'malcheiroso e sujo'

Celeste Ayala, de Berisso, estava de guarda no hospital infantil Irmã Maria Ludovica quando um bebê abandonado foi trazido, o qual sofria por desnutrição.

Apesar do bebê ser descrito pelos funcionários como “malcheiroso e sujo”, Celeste perguntou se poderia segurar e alimentar o bebê.

O colega de Ayala, Marcos Heredia, tirou uma foto do ato de compaixão e postou no Facebook.

O post de Marcos Heredia dizia:

Eu quero tornar público este grande gesto de amor que você teve hoje com esse bebezinho, que sem conhecê-lo não duvidou e por um momento agiu como se você fosse sua mãe; você não se importou com a sujeira e o cheiro como os senhores profissionais do hospital manifestavam. Coisas assim não se veem todos os dias. Hoje, 14 de agosto, dia da mulher policial, vc passou parceira Cele Ayala, policial  cp de berisso.

Celeste disse que não pensou duas vezes antes de ajudar o bebê que precisava.

Eu notei que ele estava com fome, como ele estava colocando a mão na boca, então pedi para abraçá-lo e amamentá-lo.

Foi um momento triste, quebrou minha alma vê-lo assim, a sociedade deve ser sensível aos problemas que afetam as crianças; isto não pode continuar acontecendo.

A brigada de incêndio local, onde Celeste Ayala se ofereceu em seu tempo livre, também prestou homenagem a ela no Facebook:

Queremos parabenizar a cadete voluntária Celeste Ayala, que ontem, em seu cargo de policial, estava de guarda no Hospital, amamentou uma criança que chegou chorando.

Ações como essas nos enchem de orgulho e nos obrigam a redobrar o esforço, o trabalho e a solidariedade com a nossa comunidade.

Como resultado de seu ato abnegado, Celeste Ayala foi promovida para sargento.

Cristian Ritondo, o ministro da segurança da província de Buenos Aires, anunciou a promoção no Twitter.

Hoje recebemos Celeste, a policial que amamentou um bebê no Hospital Infantil LaPlata, para notificá-la de sua promoção.

Queremos agradecer pessoalmente pelo gesto de amor espontâneo que conseguiu acalmar o choro do bebê.

Esse é o tipo de polícia da qual nos orgulhamos, a polícia que queremos.

(Fonte)

Este foi um ato humanitário incrível desta policial, que certamente nem toda mulher teria coragem de fazer.

Parabéns Celeste Ayala! Você é uma super-mulher!


Compartilhe com as pessoas queridas: