Um truque simples para que você não gaste demais

Compartilhe com as pessoas queridas:

Você conhece aquele sentimento assim que entra pelas portas da sua loja favorita? Você ouve aquela pequena voz em sua cabeça gritando: “Eu preciso de tudo isso!” Mesmo que você definitivamente sabe que não precisa, você também sabe que vai sair da loja com alguns desses itens. Logo, o “remorso de comprador” se instala. Mas não precisa ser assim.

Um truque simples para que você não gaste demais

Os consumidores ocidentais adoram consumir. Mesmo que temos muitas posses, é muito tentador comprar todas as outras coisas novas e interessantes exibidas nas vitrines das lojas ou em banners que aparecem na internet. Por causa de todos os desejos, muitos de nós acabam gastando muito mais dinheiro do que gostaríamos – e isso realmente acaba ficando caro.

Resistir à tentação é difícil, mas longe de ser impossível. Graças aos pesquisadores da Rice University, há um pequeno jogo mental que você pode usar para evitar gastos excessivos e desnecessários em compras por impulso. O estudo deles de maio de 2018, dá aos consumidores com fome de compra um conselho: pense em todas as coisas que você já tem.

O preço está errado

No estudo da Rice University, apenas pensar nas posses que os participantes do estudo já possuíam reduziram sua disposição de comprar novos itens em cerca de 14%, comparado a um grupo de controle. O autor principal, Utpal Dholakia, professor de marketing da Rice, comparou este exercício a “mentalmente comprar o armário”. Para que esse efeito funcione, é melhor pensar em posses funcionais recentemente usadas, como secadores de cabelo, processadores de alimentos, etc.

Dholakia disse à Moneyish:

Você pensa no que você já tem, e isso acalma você. Isso acalma a vontade das compras impulsivas. Depois que as pessoas refletem sobre as posses funcionais, elas são menos tentadas. Elas ficam menos interessadas em comprar algo novo.

Aos participantes do estudo foram mostrados cinco itens: um suéter, um relógio de aço inoxidável, uma cadeira, uma caixa de chocolates Godiva e uma cafeteira. Os pesquisadores então pediram aos participantes para estimarem o preço real dos produtos e dizerem o quanto estavam dispostos a pagar por eles. Quando os participantes levaram um momento para refletir sobre seus pertences usados ​​recentemente, eles estavam menos propensos a pagar pela cesta de itens do que os participantes do grupo de controle.

Antes de você ser atraído por aquela coisa super legal e ligeiramente aleatória que você provavelmente não precisa, basta levar dois segundos para pensar no lixo que enche sua casa. O desejo de comprar morrerá em breve.

(Fonte)

Termos recentes de pesquisa:


Compartilhe com as pessoas queridas: